Conheça a ‘Dieta Sirtfood’, que fez Adele perder 45 quilos

0
3


Após um post em suas redes sociais, os seguidores de Adele se impressionaram com a magreza da cantora, que revelou a uma fã que emagreceu 45 quilos nos últimos meses. O resultado notável é atribuído à Dieta Sirtfood combinado com exercícios de pilates. Mas você já ouviu falar nesse método de emagrecimento?

O que é a Dieta Sirtfood?

O método foi desenvolvido por pesquisadores britânicos e consiste na perda de peso por meio de restrição calórica e do consumo de alimentos que estimulem as sirtuínas (enzimas que melhoram o metabolismo), como, por exemplo, trigo sarraceno, couve tipo kale, morango e chocolate amargo. Parece fácil, né? Mas assim como toda dieta é extremamente necessário e recomendável procurar um nutricionista para indicar o melhor plano alimentar a ser seguido.

Ainda não foram feitas muitas pesquisas que comprovem o resultado positivo da Dieta Sirtfood, mas como os alimentos que fazem parte dela são muitos saudáveis (ricos em antioxidantes), o emagrecimento e uma maior qualidade de vida são bastante comuns para quem segue o método.

Passo-a-passo

Etapa 1

Durante três dias, é permitido consumir até 1.000 calorias diárias. Na dieta, é importante adicionar fibras, alimentos que ativem as sirtuínas e sucos verdes para aumentar a saciedade

Etapa 2

Durante sete dias, o consumo de calorias diárias aumenta para até 1.500. A dieta permanece a mesma da etapa 1. Normalmente, durante este período se perde entre 3,2 kg e 3,5 kg. Mas não há nenhuma garantia que isso funcione para todas as pessoas, por isso é importante a conversa com um nutricionista.

Etapa 3

A partir desse momento, não é mais necessário o controle da ingestão de calorias, mas é importante continuar com uma alimentação balanceada, com alimentos in natura e que ativem as sirtuínas.

O que não pode?

Alimentos industrializados, açúcar e trigo branco devem ser evitados ao máximo.

Pontos positivos:

  • Perda de peso combinada com ganho de massa muscular (decorrente do estímulo ao metabolismo);
  • Diminuição de processos inflamatórios, podendo evitar até mesmo doenças crônicas;
  • Ótima maneira de iniciar uma reeducação alimentar;
  • Diminuição do estresse

Pontos Negativos:

  • Chances de desenvolvimento de depressão, mudanças de humor e dores de cabeça;
  • Deficiência de vitaminas no longo prazo;
  • Pessoas que tem tendência a desenvolver compulsão alimentar não devem seguir a dieta

Leia também:





Fonte do Artigo

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui